18.4.12

SKIN e cia


Skunk Anansie tem sido a trilha dos últimos dias, principalmente Post Orgasmic Chill (99) e Wonderlustre (2010). Mas aqui quero falar mesmo do álbum de 99. A banda de Skin vinha de dois excelentes discos - Paranoid and Sunburnt e Stoosh - alternando canções perfeitamente pop, baladas delicadas e aventuras roqueiras com um pé no peso do heavy metal e outro na atitude do punk. Isso tudo com um ingrediente muito particular e fundamental: a voz da vocalista Skin. Negra, careca e dona de uma voz incrível, Skin é um fenômeno. A mulher é quase uma força da natureza. Ao vivo é hipnotizante, em performances incendiárias.

Eis que chegam no fim da década de 90 com um disco perfeito. Post Orgasmic Chill é um álbum para entrar no top 10 da década. É agressivo, pesado e cortante ao mesmo tempo em que é delicado, calmo e introspectivo. Ace é ótimo e esperto guitarrista e a cozinha é super afiada e segura com Cass e Mark.  Charlie Big Potato abre esquisita, pesada, progressiva, com intervenções eletrônicas, On My Hotel T.V. e Skank Heads são quase punks com Skin à toda, Lately e Secretly mostram a capacidade do quarteto de criar pérolas pop radiofônicas e You'll Follow me Down chega a ser comovente. E tem muito mais. Tem We Don´t Need Who You Are e Tracy's Flaw, por exemplo, com Skin mostrando ser uma vocalista completa, e um refrão pegajoso em Cheap Honesty.

E aí, na sequência, em sua melhor fase, a banda acaba. Skin voa solo com bons discos e o resto da turma se mete em outros projetos.



Corta para 2010, eles anunciam um retorno com uma coletânea -- e dentro três ótimas inéditas --, uma turnê e - oba - um disco de inéditas que saiu no comecinho de 2011, o tal Wonderlustre, que é excelente. Aqui embaixo Because of You, o single da volta em grande estilo. Talvez uma das melhores músicas do grupo. Uma porradaria de bom gosto e a Skin melhor do que nunca.



O rock não precisa ser preguiçoso, como se vê por aí aos montes hoje em dia. E a boa notícia: Skin e cia estão finalizando um novo trabalho.

Nenhum comentário: