1.3.12

JM II


Taí a capa. Sem gel no cabelo, sem pose de galã, parece que a onda vem mesmo puxando para a coisa folk que ele disse ter sido influência para as últimas composições. O single - post aí embaixo - não bateu muito, mas vamos ver como vem o trabalho. E cabe dizer que pode ser interessante um certo distanciamento com a estética - muito bem sucedida - dos dois últimos discos, Continuum e Battle Studies, que são nota dez. O novo sai em maio.


Nenhum comentário: