27.5.10

Black Country Communion


O Black Country agora é Black Country Communion. O grupo formado por Glenn Hughes, Joe Bonamassa, Jason Bonham e Derek Sherinian promete o cd para esse ano ainda. Sim, é mais um supergrupo, mas promete. Glenn Hughes dispensa comentários. Mesmo com uma carreira solo um pouco inconstante, GH é muito criativo, e sempre mostrou isso através da sua fixação em misturar black music no rock que faz, e isso vem desde Trapeze e, principalmente, quando dominou o Deep Purple ao lado do Coverdale nos anos 70. Depois de passar a década de 80 afundado em drogas -- com direito a um disco no Black Sabbath -- GH voltou bem nos anos 90 e continua na ativa com bons momentos.

Joe Bonamassa é da nova geração do rock blueseiro. Excelente guitarrista, com bom gosto e ótima voz. Seu último DVD ao vivo no Royal Albert Hall é espetacular. Deve dividir muitos vocais com GH, e isso é ponto a favor da banda. Derek Sherinian apareceu mesmo no Dream Theater, quando gravou A Change of Seasons e o Falling to Infinity. Ótimo tecladista, mas não era o momento, nem o tecladista certo pra banda. Saiu e montou o Planet X, projeto de fusion com os dois pés no alto virtuosismo. Foi uma surpresa quando vi seu nome na formação, deve trazer algo interessante para o som. E, por último, Jason Bonham, filho do grande John Bonham, traz a força da linhagem Zeppeliana para dentro do Black Country Communion. Com esses currículos, o coletivo promete, assim como todo supergrupo que aparece. Nos resta ouvir sem expectativas exageradas. Provalmente sairá coisa boa disso aí.

Na foto: Sherinian, Bonamassa, GH e Jason Bonham.

Nenhum comentário: