9.3.10

NINA



Fui ao allmusic ver o artigo sobre o disco Silk & Soul, de Nina Simone, e percebi que não há nada sobre sua obra-prima High Priestess of Soul. Mas Silk & Soul chegou segunda, o dia feminino, via Amazon, e nada como Nina para completar o cenário. Ouvindo o cd já percebo a presença de coisas mais elétricas nesse álbum, gravado em 67, como a forte presença de dois guitarristas, Eric Gale e Rudy Stevenson, em várias faixas, e menos cordas como no High Priestess of Soul, que penso ser o álbum anterior; informação que o allmusic me impede de conferir. Nina usa e abusa de sua musicalidade e traz referências do jazz, do soul, do folk, do rock, da música afro e por aí vai. Silk & Soul é grandioso, rico, leve, cheio de metais e ainda tem espaço para The look of love, composição de Burt Bacharach e Hal David, numa versão quase definitiva. Outra que chamou atenção foi I wish I knew how it would feel to be free, de Billy Taylor e Richard Lamb, que vejo na wikipedia ter outras versões de artistas como Lighthouse Family, John Denver e Jools Holland. E a capa ainda é bela.

Um comentário:

Fefiques... disse...

sou ignorante a respeito de musica, principalmente jazz, soul...
mas enfim, vou dar uma conferida ;)