9.11.09

Pet Sounds e Brian Wilson

Sempre gostei dessa capa do Pet Sounds. Gosto dos elementos: a barra em cima, as cores e, principalmente, os nomes das músicas na parte da frente, que era bem comum há tempos atrás. Esse álbum dos Beach Boys traz músicas belíssimas, canções perfeitas de Brian Wilson, que já entrava, a essa altura, em uma dose de loucura, consequência de sua necessidade de superação ou de, simplesmente, buscar um espelho no que os Beatles faziam. Como diz no texto do encarte do cd, Brian começou a trabalhar em Pet Sounds logo depois de ouvir (e ouvir e ouvir) o Rubber Soul dos fab four.

A coisa ficaria mais séria alguns anos depois, em 67, Brian trabalhava em seu complexo Smile e teria ouvido, no rádio do carro, Strawberry Fields Forever, a então nova música dos Beatles. Ele descreve a cena no excelente documentário do Smile, lançado em 2005. Parou o carro, virou para a pessoa junto dele e disse:

- eles já fizeram (...) o que eu queria fazer em Smile.

A partir daí Brian se afundou em drogas, ficou paranóico, seu álbum desmoronou, não foi pra frente, e só veio a ser finalizado agora em 2004. Gosto dessa história. E muito. Principalmente do final, a finalização do disco décadas depois e o show, que acompanha o documentário, onde mostra um Brian Wilson emocionado de levar o projeto da vida para o palco.


Nenhum comentário: