7.1.09

Notas

Hoje, na Folha de S. Paulo, uma matéria fala do Bridgestone Music Festival, festival que trouxe Jazz e World Music ano passado para São Paulo e foi um sucesso. A matéria fala da primeira e fantástica atração anunciada para a edição deste ano.

Jimmy Cobb - baterista que gravou "Kind of Blue" de Miles Davis - vem justamente trazer o show tributo a este disco, na íntegra, com a So What Band. O lendário disco de Miles ainda tinha Bill Evans, John Coltrane e Cannonball Adderley entre os músicos.

Com a palavra, Toy Lima, o homem por trás do festival.

"Este será o show mais disputado pelos festivais de jazz da Europa e de todo o mundo em 2009 e o Brasil irá recebe-lo antes mesmo disso, durante o Bridgestone Music Festival em maio com toda a aura mítica que cerca o Kind Of Blue , ainda reconhecido como o ápice do jazz moderno cinco décadas após sua gravação."

O festival será nos dias 14, 15 e 16 de maio.

<><><>

Em outra praia...
.o Heaven and Hell, ou seja, o Black Sabbath com Dio, traz seu show ao Brasil em maio. No Rio, a banda se apresenta no Citibank Hall, dia 17. A oportunidade de ver essa formação será espetacular, o show que saiu em dvd no ano passado mostrou que o Heaven and Hell está muito bem e atualmente, estão finalizando as gravações do novo cd de estúdio na Inglaterra.

Essa de usar o nome Heaven and Hell - um disco clássico da formação com Dio - foi inteligente e de certa forma, respeitou o legado do Sabbath com o grande Ozzy. Pegando carona nesse assunto, hoje, a notícia que pipocou foi que o empresário de Jimmy Page afirmou que o
Led Zeppelin vai sim fazer turnê e até gravar um disco, com outro vocalista, sem o Plant.
Usarão outro nome? Tomara.
Esse futuro do Led é incerto, o que acontecerá com Page, Jones e Jason Bonham?

Ainda em reuniões, Peter Gabriel (foto) em entrevista à revista Mojo, afirmou que voltaria com o Genesis para uma turnê, e que apenas não fez isso no ano passado, por causa de outros projetos.
A última turnê do Genesis rendeu um ótimo dvd, em Roma, com um público de 500 mil pessoas ao ar livre. Um novo com aquela produção, Peter Gabriel e o repertório focando os primeiros discos seria histórico.







Nenhum comentário: