31.1.09

RUSH

Ainda em 2009, "RUSH: The Documentary" deverá ser lançado. O documentário promete cobrir a incrível história do trio canadense desde a garagem até o último "Snake and Arrows". Os produtores são os mesmos de "Flight 666", documentário da última turnê do Iron Maiden, que deve chegar aos cinemas do mundo todo em abril.

29.1.09

TUTU

Em tempos de comemoração dos 50 anos do clássico "Kind of Blue", fico aqui com 3 imagens do "Tutu", LP de Miles Davis de 86, mais moderno e ainda genial com a (grande) colaboração do baixista Marcus Miller. Miles continuaria nesse caminho até seu último disco "Doo-Bop", em 92, onde uniu seu jazz ao hip-hop. Miles estava sempre caminhando na frente.


24.1.09

Elton

O jornalista Antônio Carlos Miguel definiu bem Elton John quando disse que o inglês de "Your Song" é uma enciclopédia do pop. É, Elton compôs verdadeiros standards da música mundial e é o que segura seus shows, como os do Brasil. Sua voz, mesmo meio cansada e bem mais grave, ainda aguenta, por mais que esteja longe, muito longe, daquela em alguns momentos até feminina que registrou pérolas como "Sorry Seems to Be the Hardest Word" e "Daniel".




23.1.09

roquenrou

Como adiantou a jornalista Mônica Bergamo em sua coluna, o Kiss deve mesmo vir ao Brasil. A banda que teria uma apresentação marcada na Argentina, deve esticar por aqui. Em São Paulo, dia 7 de abril, e no Rio, dia 8, na Apoteose.

Na foto, Paul Stanley, um dos maiores do rock.

20.1.09

black music


Confesso que não avancei no trabalho do John Legend, pode ser que caia num r&b insosso como esses de nossos tempos, mas uma coisa é certa, sua canção "PDA (We Just Don´t Care)" é um clássico instantâneo da black music. Pode entrar muito bem lá pra baixo numa lista que comece com Marvin Gaye e Stevie Wonder. A música foi single do disco "Once Again", de 2006, e teve clipe filmado no Rio de Janeiro. E tem a ver, principalmente com dias como hoje, que o sol está mais do que presente e a energia de boa música no ar.

Legend tem bom gosto. A música tem um piano bacana, bons arranjos e é conduzida por uma ótima linha de baixo. Puxando o repertório de um ao vivo lançado recentemente, vejo que há uma gravação de "I Want You (She´'s so heavy)" do clássico "Abbey Road" dos Beatles.
É, de repente, Legend sabe das coisas.

16.1.09

+ Zeppelin


Ano passado, um livro espetacular sobre o Led Zeppelin foi lançado. Escrito e organizado por Jon Bream, "Whole Lotta Led Zeppelin - The Ilustrated History of the heaviest band of all time" é a história do Led contada através de textos, depoimentos de músicos e muitas, muitas imagens, desde a formação do grupo até o show de reunião na O2 Arena em 2007. O trabalho gráfico é incrível e cada página tem seu próprio tratamento. Difícil que saia uma versão brasileira, mas em lojas como a Livraria da Travessa, é possível encontrar o importado.

Enquanto isso, o empresário do grupo Peter Mensch afirmou que o Led não sai em turnê, completou dizendo que tentaram vocalistas e não deu certo. E não se fala mais nisso. Salve Plant!

12.1.09

Deu na Folha OnLine...






"A indústria do vinil deu novo sinal de vida em 2008. Com 1,8 milhão de unidades vendidas nos Estados Unidos no ano passado, a comercialização de LPs cresceu 89% em relação a 2007, quando 990 mil unidades saíram das prateleiras."

Clássicos de Beatles e Pink Floyd, além dos novos do Metallica, Guns n Roses e o ótimo Fleet Foxes estão entre os discos mais vendidos do ano passado. São números que estão subindo e impressionam positivamente. Enquanto a queda na vendagem de cds é enorme, os discos vão ganhando espaço e lojas já dão atenção ao formato, novamente.

7.1.09

Notas

Hoje, na Folha de S. Paulo, uma matéria fala do Bridgestone Music Festival, festival que trouxe Jazz e World Music ano passado para São Paulo e foi um sucesso. A matéria fala da primeira e fantástica atração anunciada para a edição deste ano.

Jimmy Cobb - baterista que gravou "Kind of Blue" de Miles Davis - vem justamente trazer o show tributo a este disco, na íntegra, com a So What Band. O lendário disco de Miles ainda tinha Bill Evans, John Coltrane e Cannonball Adderley entre os músicos.

Com a palavra, Toy Lima, o homem por trás do festival.

"Este será o show mais disputado pelos festivais de jazz da Europa e de todo o mundo em 2009 e o Brasil irá recebe-lo antes mesmo disso, durante o Bridgestone Music Festival em maio com toda a aura mítica que cerca o Kind Of Blue , ainda reconhecido como o ápice do jazz moderno cinco décadas após sua gravação."

O festival será nos dias 14, 15 e 16 de maio.

<><><>

Em outra praia...
.o Heaven and Hell, ou seja, o Black Sabbath com Dio, traz seu show ao Brasil em maio. No Rio, a banda se apresenta no Citibank Hall, dia 17. A oportunidade de ver essa formação será espetacular, o show que saiu em dvd no ano passado mostrou que o Heaven and Hell está muito bem e atualmente, estão finalizando as gravações do novo cd de estúdio na Inglaterra.

Essa de usar o nome Heaven and Hell - um disco clássico da formação com Dio - foi inteligente e de certa forma, respeitou o legado do Sabbath com o grande Ozzy. Pegando carona nesse assunto, hoje, a notícia que pipocou foi que o empresário de Jimmy Page afirmou que o
Led Zeppelin vai sim fazer turnê e até gravar um disco, com outro vocalista, sem o Plant.
Usarão outro nome? Tomara.
Esse futuro do Led é incerto, o que acontecerá com Page, Jones e Jason Bonham?

Ainda em reuniões, Peter Gabriel (foto) em entrevista à revista Mojo, afirmou que voltaria com o Genesis para uma turnê, e que apenas não fez isso no ano passado, por causa de outros projetos.
A última turnê do Genesis rendeu um ótimo dvd, em Roma, com um público de 500 mil pessoas ao ar livre. Um novo com aquela produção, Peter Gabriel e o repertório focando os primeiros discos seria histórico.







6.1.09

Russel Allen

Em 1995, a banda Symphony X lançou seu segundo disco chamado "The Damnation Game" e apresentou o brilhante vocalista Russel Allen (foto), que com muita identidade, trazia influências claras de Paul Rodgers e Dio.

A faixa-título é puro metal, mas músicas como "Edge of Forever" e "Whispers" mostram que o o estilo pode ir além. O Symphony soube criar sua mistura de rock progressivo com música clássica e pesada muito bem, deixando para trás as bandas quadradonas do estilo.

Allen lançou um disco solo uns anos atrás tentando fazer uma coisa voltada para o Bad Company, mas alguma coisa não bateu, talvez o forte peso das guitarras, que no Symphony entra. No disco solo, as guitarras poderiam ser um pouco mais leves, mais roquenrou, já que era a proposta.

A verdade é que na banda, Allen é fundamental. Sua veia soul sempre fala mais alto e misturada com o seu lado
heavy deixa o som único. Outro vocalista, de outra escola, talvez não fizesse a banda decolar. Daí pra frente, o Symphony X lançou ótimos discos, cada vez mais progressivos e pesados.




5.1.09

dois mil e nove

Acabou 2008 e como todo ano, com listas e mais listas. A lista aqui é simples, sem ordem e não necessariamente com discos e momentos de 2008.

. Led Zeppelin, o ano do Led Zeppelin.

. "Chinese Democracy", a super produção de Axl Rose.

. "Death Magnetic", a volta do Metallica.

. John Mayer, acústico, com trio e com
full band.

. T Rex, Marc Bolan, fenomenal.

. os lançamentos nacionais de Marcelo Camelo e Ed Motta.

. o jazz rock do Steely Dan.

. show do Queen+Paul Rodgers.

. o disco "American Pie" de Don McLean.

. Charles Mingus

. João Gilberto

. Astor Piazzolla

Agora, é esperar 2009.