8.11.08

pop rock funk blues

John Mayer é um guitarrista e cantor americano que começou na música pop açucarada e atingiu grande sucesso lá fora e aqui no Brasil um pouco. Fiquei surpreso com sua nova direção de uns tempos pra cá, um blues rock tocado com o chamado John Mayer Trio, que ao lado dele tem o renomado baixista Pino Paladino e o batera Steve Jordan. Os novos passos de John lhe renderam participação no festival Crossroads de Eric Clapton, participação em disco do Herbie Hancock e outras colaborações com blueseiros.

Seu novo lançamento "Where the light is" é espetacular. O show é dividido em três partes: a primeira com John Mayer apenas no violão num pequeno set acústico, a segunda parte é o blues rock do John Mayer Trio com direito a duas de Hendrix, e por último, a terceira parte com a John Mayer Band completa com sax, trompete, teclados, guitarristas de apoio e um repertório mais pop rock com as pitadas de blues e soul de seu estilo natural.


Sim, a impressão que fica é que Mayer vendeu primeiro seu lado pop em milhões de discos pelo mundo e agora faz o que quer, já que a indústria dos novos tempos não abraçaria seu rock'n'blues. Mas, se dessa forma conseguiu um grande feito, vale. E esse ao vivo parece ser algo que Mayer sempre quis, o formato de 3 shows em 1, o repertório livre, grande solos mostrando que é um ótimo guitarrista old school e ainda, tudo captado em uma filmagem em película sensacional. Grande surpresa.



Nenhum comentário: