3.7.08

Coisas de Moacir

Esse da foto é o pernambucano, Moacir Santos. Professor, Maestro, arranjador e saxofonista que lançou o inovador disco, "Coisas", em 1965 - mesmo que a maioria dos brasileiros não saiba disso.
Sua música, escrita para uma orquestra de sopros, tem muito de jazz, música erudita, raízes afro e música brasileira.

Com sua genialidade, Moacir foi para os EUA ainda na década de 60 - assim como, Eumir Deodato, Sérgio Mendes e outros - e não voltou, ficou por lá, abraçado pelos jazzistas.

Em 2001, os músicos/arranjadores, Mário Adnet e Zé Nogueira se juntaram e trouxeram de forma brilhante, a música de Moacir para o Brasil.
O lançamento de "Ouro Negro", um disco com músicas de Moacir com um time de primeira categoria da nossa música instrumental e mais, Ed Motta, Milton Nascimento, Djavan, Joyce, João Bosco - fez com que o maestro fosse reconhecido em seu país, ainda em vida.

Moacir subiu em 2006.

* "Coisa N°5 - (Nanã)" é sua música mais "conhecida". Em sua versão original de 1965, é quase uma marcha, com uma melodia belíssima que conquistou os bossa-novistas que a regravaram em versões mais "canção", com letra de Mário Telles.

Nenhum comentário: