31.3.08

igualmente geniais


Dois estilos completamente diferentes, de um lado a Bossa Nova de João Gilberto e de outro o Heavy Metal do Black Sabbath. Duas demonstrações de musicalidade de altíssimo nível.

Em comum, os dois têm a criatividade e a quebra de barreiras com suas manifestações musicais tão diferentes e tão geniais.

João trouxe (há exatamente 50 anos atrás) um violão e um canto novo para a música brasileira (e mundial), uma nova linguagem musical.
Nesse primeiro LP de João tem "Brigas Nunca Mais", uma das que mais gosto de Tom Jobim - que fez os arranjos de cordas do disco e na música é parceiro de Vinícius.

O Black Sabbath aqui ainda é o do quase perfeito "Sabbath Bloody Sabbath" e o do também excelente "Technical Ecstasy", com "You Won´t Change Me" e "It´s Alright" cantada pelo baterista Bill Ward.

Também tocou por aqui uma ópera rock de 1974, composta por Roger Glover (Deep Purple) e com convidados como Coverdale, Dio e Glenn Hughes.
Segue a belíssima capa.








Um comentário:

Gustavo Barcamor disse...

Rapaiz... que preciosidade este seu espaço, não?

Tome cuidado que tem certas pessoas de olho nele pra umas colinhas...!

Meus parabéns e muito obrigado pelo apoio!