24.1.08

Bom metal...


Mesmo sendo fã do Michael Kiske, pra mim é imbatível o Helloween segunda fase ou melhor, a com Andi Deris nos vocais. É ali que estão as grandes composições, riffs mais pesados e onde ficou meio de lado aquela música meio "feliz" dos albuns anteriores como os (bons) "keepers" I e II.

Talvez influência clara de outros dois membros que "chegaram" praticamente com o Deris na banda e são grandes músicos e compositores: o guitarra Roland Grapow e o batera Uli Kusch. Sim, Grapow já estava na banda há dois albuns, mas apareceu, de fato, a partir de Master of the Rings -- o primeiro com Deris.

A coisa continou passando pelo sensacional "Time of the Oath", "Better tha Raw", o super pesado "Dark Ride" e o ao vivo com a banda em excelente forma, "High Live". Fase de ouro sem dúvida que acabou no "Dark Ride", realmente um disco distante da proposta da banda, mas ainda assim, excelente. Grapow e Uli saíram e formaram o Masterplan com o Jorn Lande e o Helloween continuou. Mesmo com Deris a banda não é a mais a mesma, não acertou nos últimos 3 discos e as esperanças de melhora são poucas. Uma pena, uma grande banda que se perdeu.

Nenhum comentário: