28.11.07

Easter...


Ok, Marillion com Fish nos vocais é clássico e fantástico. Mas, não tem jeito, fico com Steve Hogarth (foto) e sua voz quase que de outro mundo. Talvez os discos de sua fase não sejam realmente tão inspirados quanto os de Fish, mas como vocalista, continuo com ele. Ouço no momento "Season´s End"(1989), o primeiro com Hogarth e como é bom. Progressivo na linha Marillion, com lindas harmonias e "Easter", que tem um solo de guitarra que já vale o disco.

Talvez o melhor e mais inspirado disco com Hogarth, por ainda ter essa onda progressiva que o
Marillion fez por mais alguns discos, como o "Brave" de 1994, que é sensacional. "The Space" fecha o disco de forma fantástica com show de Steve Hogarth e deixa a sensação de que "Season´s End" é perfeito do começo ao fim.


25.11.07

Life In Cartoon Motion

Quando ouvi "Grace Kelly" do libanês/inglês Mika, lembrei na hora de Freddie Mercury. Seu tom de voz e sua postura "gay" lembram o eterno vocalista do Queen. Relutei um pouco para baixar seu disco de capa muito colorida e visivelmente pop demais, mas, hoje, finalmente escutei e continuo sem parar em seu album de estreia "Life in Cartoon Motion"(2007).

Mika tem bom gosto e usa sua voz muito bem ao lado de ótimos arranjos e grandes músicas que remetem a Freddie Mercury, Elton John, Bee Gees e a coisa disco dos anos 70.